Patologia 20concreto 1
122 vídeos
10 provas
17 textos
50 horas

Descrição do curso

Apresentação das diretrizes, métodos, ensaios e detecção de falhas em estruturas de concreto para entender a patologia e prescrever o tratamento necessário para que posteriormente se faça o projeto e o dimensionamento de reforços.

MATRÍCULAS ABERTAS!
Início imediato.


Curso 100% online composto por videoaulas.


DEDICAÇÃO E CARGA HORÁRIA:
10 semanas de estudo
30 horas de videoaulas
4-5 horas / semana totalizando 40-50 horas de dedicação ao curso.

Professor: M.Sc. Eng. Thomas Garcia Carmona

Categoria: CONSTRUÇÃO CIVIL


Informações gerais

Conteúdo
  • 1. Mecanismos de degradação
  • 2. Sintomatologia
  • 3. Caso Condomínio Portal do Brooklin
  • 4. Ensaios para diagnóstico
  • 5. Calibração e Parte Prática de Ensaios para diagnóstico
  • 6. Caso Obra Portuária - TERMAG/TGG
  • 7. Caso Ginásio Poliesportivo com RAA
  • 8. Conformidade do Concreto e a Nova ABNT NBR 7680
  • 9. Vida Útil e a Norma de Desempenho ABNT NBR 15575
  • 10. Vida útil parte prática
  • 11. Caso: Condomínio Edifício Morada do Sol
  • 12. Metodologias de Inspeção e Definição de Prioridades
  • 13. Prova sobre a matéria dada até o momento
  • 14. Técnicas de Reparo de Estruturas de Concreto
  • 15. Técnicas de Reforço de Estruturas de Concreto
  • 16. Caso Torre de Peróxido
  • 17. Caso: Silos de Carvão Colômbia
  • 18. Caso: Reforço da Ponte Ribeirão Anhumas
  • 19. Caso: Reforço Ponte Barão de Camargo
Objetivo

Apresentar os conhecimentos fundamentais da patologia das Estruturas de Concreto, incluindo mecanismos de degradação, ensaios para diagnóstico, previsões de vida útil e  técnicas para reparo e proteção de estruturas.

Público alvo

Engenheiros, arquitetos, administradores, gestores, orçamentistas, compradores, técnicos em edificações, tecnólogos, projetistas, estudantes de engenharia e arquitetura.

Metodologia

Cada módulo inicia com uma introdução do assunto tratado e depois de cada semana de aula será solicitado que você faça um teste relacionado ao tema.
As videoaulas serão complementadas com a leitura de textos selecionados e as apresentações, as quais você poderá ler e assistir a qualquer momento.
A cada semana você aprenderá uma nova teoria sobre o assunto relacionado. Depois será pedido que leia uma série de textos que preparamos ou artigos publicados.
Eles também irão auxiliar no seu aprendizado, e podem ser aplicados no dia a dia de seu projeto, gestão ou produção. Além disso, irão expandir seu conhecimento técnico e capacidade de análise em situações que poderão aparecer durante a sua atividade profissional.
Os testes existem para ajudá-lo a verificar se está realmente internalizando as informações presentes nas aulas.
Para alguns alunos, esses testes podem ser consideravelmente desafiadores, mas todos devem tentar e fazer o melhor possível.
Utilize os fóruns de discussão para conversar com seus colegas sobre esses problemas.
Cada caso requer, também, que você aplique uma ou duas das ferramentas aprendidas em aula, para que você se familiarize com o modo de aplicá-las em um contexto real.
Cada módulo será encerrado com uma apresentação de conclusão.
Além de assistir as aulas e ler o material disponibilizado, aconselha-se a todos formar grupos de estudo. Na ENGEDUCA chamamos esses grupos de "times de aprendizado".
Se for possível se encontrarem pessoalmente em um lugar físico, seria fantástico, mas claro, se não for possível faça isso virtualmente, pois isso permitirá também aumentar seu network.
Pequenos grupos de discussão são uma maneira poderosa de afiar suas habilidades e conceitos, e só depois trazer para fóruns maiores para explorar de forma mais ampla o que as pessoas estão pensando sobre os casos.
Sempre gostamos de dizer que, para várias das questões que serão feitas sobre os casos, não existe necessariamente uma resposta correta associada a elas.
Mas existirão respostas claramente melhores que outras e podem-se construir argumentos melhores que outros.
Então os grupos de estudos e os fóruns são oportunidades para você afiar sua argumentação e, mais uma vez, suas habilidades de pensamento fortalecendo conceitos.
Também temos um ou dois assistentes de ensino para cada curso. Eles vão participar dos fóruns de discussão, monitorando e participando ocasionalmente.
Bom, ao final do curso, será pedido que você faça um teste final. Você irá aplicar o conteúdo aprendido na prática.
O período para acesso neste curso é de 100 dias.

Certificado

Certificado Digital de Conclusão para os alunos que participarem de no mínimo 75% das atividades.

O que você vai aprender

    Semana 1
  • Introdução ao curso de patologia das estruturas de concreto
  • AULA 1 - INTRODUÇÃO AOS MECANISMO DE DEGRADAÇÃO Apresenta-se os mecanismos de degradação nas estruturas de concreto.
    • M1A1P1- Introdução ao curso

      Vídeo
    • M1A1P2- Conceitos basicos

      Vídeo
    • M1A1P3 - Perguntas frequentes

      Vídeo
    • M1A1P4 - Mecanismos de degradação - Corrosão das armaduras

      Vídeo
    • M1A1P5 - Variaveis que influem na carbonataçao - Parte 1

      Vídeo
    • M1A1P6 - Variaveis que influem na carbonataçao - Parte 2

      Vídeo
    • M1A1P7 - Variaveis que influem na penetração de cloretos - Parte 1

      Vídeo
    • M1A1P8 - Variaveis que influem na penetração de cloretos - Parte 2

      Vídeo
    • Arquivos em PDF - Módulos 1 e 2

      Documento
    • Dissertação: Modelos de Previsão da Despassivação das Armaduras em Estruturas de Concreto Sujeitas à Carbonatação

      Documento
  • Aula 1-1 - CONTINUAÇÃO DOS MECANISMOS DE DEGRADAÇÃO
    • M1A1P9 - Penetração de cloretos ao longo do tempo

      Vídeo
    • M1A1P10 - Fatores concorrentes para a corrosão de armaduras

      Vídeo
    • M1A1P11 - Diagrama de corrosão do aço

      Vídeo
    • M1A1P12 - A pilha de Daniell

      Vídeo
    • M1A1P13 - Mecanismos de degradação do concreto - lixiviação

      Vídeo
    • M2A2P1 - Ataque por águas

      Vídeo
    • M2A2P2 - Reação álcali agregado

      Vídeo
  • Avaliação da semana 1 Esta avaliação tem peso de 5% na nota final.
  • Semana 2
  • Aula 2 - SINTOMATOLOGIA 2. Sintomatologia 3. Caso Condomínio Portal do Brooklin
    • M2A2P3 - Fissuras de corrosão, flexão e cisalhamento

      Vídeo
    • M2A2P4 - Fissuras em pilares

      Vídeo
    • M2A2P5 - Flambagem de barras em pilares

      Vídeo
    • M2A2P6 - Fissuras em lajes

      Vídeo
    • M2A2P7 - Fissuras por tração simples

      Vídeo
    • M2A2P8 - Fissuras de retração e variação de temperatura

      Vídeo
    • M2A2P9 - Fissuras devido à deformabilidade da estrutura e recalque diferencial

      Vídeo
    • Apresentação em PDF Módulos 2 a 4

      Documento
    • Estudo da reação álcali-agregado em rochas carbonáticas (Dissertação)

      Documento
    • Investigação de concretos afetados pela reação álcali-agregado e caracterização avançada do gel exsudado (Tese)

      Documento
  • Aula 2-1 - CONTINUAÇÃO À SINTOMATOLOGIA
    • M2A2P10 - Fissuras devido à dilatação diferencial

      Vídeo
    • M2A2P11 - Deformação horizontal por efeito de pressão

      Vídeo
    • M2A2P12 - Reação álcali agregado

      Vídeo
    • M2A2P13 - Lixiviação

      Vídeo
  • Avaliação da semana 2 Esta avaliação tem peso de 5% na nota final.
  • Semana 3
  • Aula 3 - ENSAIOS PARA DIAGNÓSTICO 4. Ensaios para diagnóstico
  • Aula 3-1 - Continuação dos ensaios para diagnóstico
    • M3A3P5 - Penetração de pinos e pacometria

      Vídeo
    • M3A3P6 - Ultrassom

      Vídeo
    • M3A3P7 - Esclerometria

      Vídeo
    • M3A3P8 - Ensaios de porosidade e capilaridade

      Vídeo
    • M3A3P9 - Ensaios eletroquímicos

      Vídeo
    • M3A3P10 - Potencial elétrico de corrosão

      Vídeo
    • M3A3P11 - Análise química da agressividade da água

      Vídeo
    • M3A3P12 - Reação álcali - agregado

      Vídeo
    • M3A3P13 - Termogavimetria

      Vídeo
    • M3A3P14 - Difusão de raio X

      Vídeo
    • M3A3P15 - Medidas físicas

      Vídeo
  • Avaliação da semana 3 Esta avaliação tem peso de 5% na nota final.
  • Semana 4
  • Aula 4 - CALIBRAÇÃO E PARTE PRÁTICA DE ENSAIOS PARA DIAGNÓSTICO 5. Calibração e Parte Prática de Ensaios para diagnóstico
    • M4A4P1 - Ensaio de medição do potencial eletroquímico

      Vídeo
    • M4A4P2 - Ensaio de esclerometria

      Vídeo
    • M4A4P3 - Ensaio de ultrassom

      Vídeo
    • Apresentação em PDF Módulo 4

      Documento
  • Aula 4-1 - ESTUDOS DE CASOS - GINÁSIO POLIESPORTIVO 6. Caso Ginásio Poliesportivo com RAA
    • M4A4P4 - Estudo de caso - Ginásio - Parte 1

      Vídeo
    • M4A4P5 - Estudo de caso - Ginásio - Parte 2

      Vídeo
    • M4A4P6 - Estudo de caso - Ginásio - Parte 3

      Vídeo
    • M4A4P7 - Estudo de caso - Ginásio - Parte 4

      Vídeo
  • Aula 4-2 ESTUDOS DE CASOS - CONDOMÍNIO RESIDENCIAL 7. Condomínio residencial
    • M4A4P8 - Estudo de caso - Codomínio residencial

      Vídeo
  • Aula 4- 3 - ESTUDOS DE CASOS - PIER 8. Caso Obra Portuária - TERMAG/TGG
    • M4A4P9 - Estudo de caso - Pier - Parte 1

      Vídeo
    • M4A4P10 - Estudo de caso - Pier - Parte 2

      Vídeo
    • M4A4P11 - Estudo de caso - Pier - Parte 3

      Vídeo
  • Avaliação da semana 4 Esta avaliação tem peso de 5% na nota final.
  • Semana 5
  • Aula 5 - CONFORMIDADE E VIDA ÚTIL DO CONCRETO 8. Conformidade do Concreto e a Nova ABNT NBR 7680 9. Vida Útil e a Norma de Desempenho ABNT NBR 15575
  • Avaliação da semana 5 Esta avaliação tem peso de 5% na nota final.
  • Semana 6
  • Aula 6 - METODOLOGIA DE INSPEÇÃO E TÉCNICAS DE REPARO E PROTEÇÃO
    • Apresentação em PDF - Aulas 6 e 7

      Documento
    • Contribuição ao estudo da corrosão em armaduras de concreto armado (tese)

      Documento
  • Aula 6-1 - METODOLOGIA DE INSPEÇÃO E TÉCNICAS DE REPARO 12. Metodologias de Inspeção e Definição de Prioridades 13. Técnicas de Reparo de Estruturas de Concreto
    • M6A6P1 - Introdução à recuperação e proteção das estruturas de concreto

      Vídeo
    • M6A6P2 - Reparos rasos

      Vídeo
    • M6A6P3 - Reparos semi-profundos

      Vídeo
    • M6A6P4 - Exemplos de reparos

      Vídeo
    • M6A6P5 - Barras de aço com perda de diâmetro

      Vídeo
    • M6A6P6 - Complementação de estribos

      Vídeo
    • M6A6P7 - Exemplo

      Vídeo
    • M6A6P8 - Ancoragem de armaduras

      Vídeo
    • M6A6P9 - Injeção de fissuras

      Vídeo
    • M6A6P10 - Tratamento de fissuras em alvenaria

      Vídeo
  • Aula 6-2 - SISTEMAS DE PROTEÇÃO DAS ESTRUTURAS
    • M6A6P11 - Proteção com pinturas e membranas

      Vídeo
    • M6A6P12 - Exemplos de aplicação

      Vídeo
    • M6A6P13 - Ânodos de sacrifício

      Vídeo
    • M6A6P14 - Zinco termoprojetado

      Vídeo
    • M6A6P15 - Inibidores de corrosão

      Vídeo
    • M6A6P16 - Outros métodos de proteção

      Vídeo
  • Avaliação da semana 6 Esta avaliação tem peso de 5% na nota final.
  • Semana 7
  • AULA 7 - EXEMPLOS DE APLICAÇÃO PARA A ESTIMATIVA DA VIDA ÚTIL DE ESTRUTURAS DE CONCRETO
    • M7A7P1 - Exemplo de aplicação - Estimativa da vida útil

      Vídeo
    • M7A7P2 - Exemplo de aplicação - Determinação do cobrimento

      Vídeo
    • M7A7P3 - Exemplo de aplicação - Despassivação

      Vídeo
    • M7A7P4 - Exemplo de aplicação - Concentração de cloretos

      Vídeo
    • M7A7P5 - Exemplo de aplicação - Previsão de início do processo corrosivo

      Vídeo
    • M7A7P6 - Exemplo de aplicação - Alta concentração de cloretos

      Vídeo
  • AULA 7-1 - TÉCNICAS DE REFORÇO EM COLUNAS E VIGAS DE CONCRETO ARMADO
  • Avaliação da semana 7 Esta avaliação tem peso de 5% na nota final.
  • Semana 8
  • Aula 8 - TÉCNICAS DE REFORÇO 14. Técnicas de Reforço de Estruturas de Concreto
    • M8A8P1 - Reforços com protenção

      Vídeo
    • M8A8P2 - Casos de reforços com protenção

      Vídeo
    • M8A8P3 - Caso do tanque de hipoclorito

      Vídeo
    • M8A8P4 - Chapas coladas

      Vídeo
    • M8A8P5 - Caso raro com aplicação de chapas coladas

      Vídeo
    • M8A8P6 - Fibra de carbono

      Vídeo
    • M8A8P7 - Confinamento de pilares com fibra de carbono

      Vídeo
    • Apresentação em PDF - Aula 8

      Documento
  • AULA 8-1 - ESTUDO DE CASOS
    • M8A8P8 - Recuperação e reforço da ponte Barão de Camargo

      Vídeo
    • M8A8P9 - Videos da concretagem da ponte

      Vídeo
    • M8A8P10 - Caso Condomínio Morada do Sol

      Vídeo
    • M8A8P11 - Caso Condomínio Morada do Sol - Execução

      Vídeo
    • M8A8P12 - Caso Galpão metálico

      Vídeo
  • Avaliação da semana 8 Esta avaliação tem peso de 5% na nota final.
  • Semana 9
  • Aula 9 - ESTUDO DE CASOS 16. Caso Torre de Peróxido 17. Caso: Silos de Carvão Colômbia
    • M9A9P1 - Estudo de caso - Edifícios em parede de concreto

      Vídeo
    • M9A9P2 - Estudo de caso - Edifício residencial - concreto não conforme

      Vídeo
    • M9A9P3 - Procedimento para minimizar problemas de uso e manutençã

      Vídeo
    • M9A9P4 -Estudo de caso - Silos de carvão - Parte 1

      Vídeo
    • M9A9P5 - Estudo de caso - Silos de carvão - Parte 2

      Vídeo
    • M9A9P6 -Estudo de caso - Ponte sobre o Ribeirão Anhumas - Parte 1

      Vídeo
    • M9A9P7 - Estudo de caso - Ponte sobre o Ribeirão Anhumas - Parte 2

      Vídeo
    • M9A9P8 -Estudo de caso - Pier

      Vídeo
    • Apresentação em PDF - Aula 9

      Documento
  • AULA 9-1 - INSTRUMENTAÇÃO E MONITORAMENTO DE ESTRUTURAS
    • M9A9P9 - Instrumentação e monitoramento de estruturas

      Vídeo
    • M9A9P10 - Estudo de caso - Prova de carga

      Vídeo
    • M9A9P11 - Monitoração de deformações

      Vídeo
  • Avaliação da semana 9 Esta avaliação tem peso de 5% na nota final.
  • Semana 10 - Conclusão
  • Aula 10 - ESTUDO DE CASOS E CONCLUSÃO 18. Caso: Reforço da Ponte Ribeirão Anhumas 19. Caso: Reforço Ponte Barão de Camargo
  • Avaliação final do curso Esta avaliação tem peso de 55% na nota final.
Professores


Eng. Thomas Garcia Carmona

Engenheiro Civil pela Faculdade de Engenharia da Fundação Armando Álvares Penteado, Mestre em engenharia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, MASTER pelo Instituto Eduardo Torroja de Ciências da Construção - Espanha, Curso de Estudos Maiores da Construção - CEMCO 2004, com trabalho monográfico de especialidade na área de Vida Útil.Especialização em química do cimento pelo Instituto Eduardo Torroja de Ciências da Construção - Espanha. Diretor da Exata Engenharia e Assessoria onde trabalha desde 1995, tendo atuado em muitos trabalhos por todo o Brasil nas áreas de Patologia das Construções e Projeto Estrutural. Diretor da ABECE – Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural (gestões: 2007 até 2014).Vice-presidente da ALCONPAT – “Asociación Latinoamericana de Control de Calidad y Patología de la Construcción”. Professor do Curso de Pós Graduação em Patologia das Obras Civis do Instituto IDD, ministrando cursos em São Paulo, Curitiba, Vitória, Belo Horizonte e Fortaleza.

Professor do curso de Pós Graduação em Projeto de Estruturas de Concreto Armado de Edifícios da FESP – Faculdade de Engenharia de São Paulo – SP. Professor do curso de Pós Graduação em Engenharia de Estruturas da SOCIESC – Sociedade Educacional de Santa Catarina – SC. Foi professor das disciplinas de Estruturas Metálicas e de Madeira, Estruturas Especiais de Concreto, Concreto Armado I e II e Arquitetura e Estruturas. Realizou trabalhos de pesquisa sobre materiais de construção destinados a obras marítimas para a ROM - Recomendação de Obras Marítimas de "Puertos del estado de España". Ministrou diversas palestras e cursos em várias cidades do Brasil sobre, Vida Útil, Projeto, Patologia, Reparo, Reforço e Proteção de Estruturas de Concreto.

Participou de diversas comissões de estudo para revisão de normas da ABNT, incluindo a atual revisão da NBR 7680 sobre extração, ensaio e análise de testemunhos de concreto.